fbpx

Notícias

Como ter uma limpeza pós-obra eficiente?

Planejar a limpeza pós-obra facilita muito essa tarefa.O melhor a se fazer é se organizar montando seu cronograma de tarefas que tem que ser feitas, separar os produtos adequados e a melhor coisa é sempre contar com a ajuda de um profissional de limpeza para acelerar todo esse processo!

Não tem como fugir, toda reforma e construção gera muita sujeira, entulho, poeira e resíduos difíceis de remover. Se por um lado você está feliz com a construção ou reforma pronta, por outro bate aquele desespero quando se trata da famosa limpeza pós-obra. Mas Não se preocupe, com o mínimo de organização e utilizando profissionais de limpeza treinados nesse assunto, a limpeza pós-obra pode se tornar mais rápida e prática do que você imagina.

É claro que a faxina pós-obra é mais trabalhosa do que a limpeza do dia a dia. Porém, com os produtos certos e alguns cuidados específicos, dá para agilizar o processo e ver tudo limpinho antes mesmo do que se imagina, veja algumas dicas a seguir.

Não deixe a sujeira aculumar durante a obra!

É praticamente impossível deixar o ambiente limpo durante uma obra ou reforma, mas isso não é desculpa para deixar acumular aquele monte de entulho e lixo. Quanto mais organizado estiver o local no momento da reforma, mais fácil será realizar a limpeza pós-obra.

Por isso, a primeira coisa a se fazer é definir um lugar específico para depositar os resíduos após cada dia de serviço, orientando os pedreiros a manterem o canteiro de obras minimamente organizado. Isso vai evitar o acúmulo de montinhos de entulho em cada cômodo trabalhado, liberando espaço e agilizando a limpeza.

Definia as prioridades da faxina conforme cada cômodo da casa

Em se tratando de limpeza de obra,o planejamento deve ser uma das prioridades. Não dá para agir por impulso e começar a limpar tudo assim que o pedreiro for embora. Antes, é preciso sentar e definir as prioridades da faxina conforme cada cômodo da casa, evitando que você se canse da tarefa e acabe deixando para outro dia.

Então, a melhor dica é fazer um cronograma planejando a limpeza de obra, como limpar um cômodo de cada vez. Assim, conforme você for vendo o resultado, se sentirá mais motivado a terminar o serviço.

Comece pelo grosso

Se você perguntar para alguém que tenha o mínimo conhecimento de limpeza pós-obra, uma resposta será unânime entre todos. Comece pelo grosso! Não adianta perder tempo tirando a poeira dos móveis se as portas e janelas ainda não foram limpas. Nesse caso, na hora de lavar os vidros, por exemplo, os móveis acabariam empoeirados de novo.

Então, via de regra, o ideal é fazer a limpeza seca primeiro, retirando toda a sujeira grossa. como resíduos de gesso, cimento, tinta e outros materiais utilizados no acabamento da obra.

Utilize produtos adequados

Fazer uma limpeza de obra é muito mais complexo do que realizar a faxina do dia a dia. Já que estamos falando de sujeiras que são mais difíceis de retirar. Em muitos casos, será preciso recorrer a produtos específicos, indicados para a limpeza de diferentes tipos de resíduos.

Lembre-se de seguir corretamente as instruções da embalagem, pois essa é a única garantia de que a limpeza pesada não vai danificar o acabamento. Os vidros também podem receber produtos específicos, como os tradicionais limpa-vidros dos mercados.

Contrate um serviço de limpeza especializado

Por último o mais correto a se fazer é contratar um serviço de limpeza especializado em limpeza pós-obra. Esse tipo de serviço vai acelerar a faxina sem colocar os acabamentos em risco. Até porque esses profissionais estão acostumada com limpezas pesadas e sabem que tipo de produto utilizar em cada caso.

Tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Complete o Captcha: *